Linguas disponíveis

Portfolio de Obras

Antecipadamente visite a nossa galeria e conheça o nosso trabalho nas áreas de Arquitetura Urbanismo e Design. Aqui poderá ver projetos construídos ou por construir, participações em concursos ou projetos premiados. Igualmente poderá conhecer alguns dos nossos projetos de arquitetura. Desse modo são apresentados em primeiro lugar as coisas mais recentes, e seguidamente os projetos mais antigos. Da mesma forma e para sua comodidade, selecione o tema que mais lhe interessa. Assim, para nós o nosso trabalho é o nosso melhor cartão de visita. Em suma, esperamos colocar o seu aqui!

Projetos de Arquitetura

Antes de mais, conheça aqui os nossos vários projetos de arquitetura. Nesse sentido, o trabalho que desenvolvemos é orgulhosamente heterogéneo, exatamente como o são os nossos clientes. Assim, gostamos de tratá-los de modo especial salvaguardando os objetivos do programa, o orçamento e a paisagem envolvente.

  • Selecione:
  • Todos
  • Comércio
  • Equipamentos
  • Escritórios
  • Habitação
  • Indústria
  • Lar de Idosos
  • Restauração
  • Saúde
  • Turismo

Design

Desde já desenvolvemos um vasto trabalho de projetos de design consoante as solicitações dos clientes. Assim, do design gráfico ao design de marca, passando pelo design de produto e de mobiliário, todos os sectores são acarinhados por nós.

Urbanismo

Desenvolvemos sobretudo um vasto trabalho de urbanismo de pequena, média e grande dimensão. Conheça portanto aqui os nossos planos, loteamentos, projetos urbanos e estudos estratégicos de âmbito geral.

Interiores

Acima de tudo, já realizamos um importante conjunto de trabalhos de arquitetura de interiores. Desse modo, com vários programas funcionais, pode aqui verificar o cuidado com que desenvolvemos soluções ajustadas às necessidades particulares dos nossos clientes.

Perguntas Frequentes aos Arquitetos

De antemão, gostamos de partilhar o nosso portfólio de obras de arquitetura, design, urbanismo e interiores. Por conseguinte estão aqui algumas das perguntas que os nossos profissionais mais recebem.

Que tipo de projetos desenvolve o nosso atelier?

Desenhamos sobretudo todo o tipo de projetos. Porém, poderá consultar o nosso portfólio de arquitetura e comprová-lo. Assim, nele encontrará recuperações de casas antigas, casas com arquitetura moderna, projetos de hotelaria ou hotéis rurais, remodelação de lojas, centros culturais, edifícios de habitação ou escritórios, parques de diversões, licenciamentos industriais, armazéns, equipamentos públicos, loteamentos, etc… Em suma, projetamos todos os usos.

Eu gosto de arquitetura moderna mas dizem-me que é mais cara.

A arquitetura moderna nasceu da revolução industrial e da consequente alteração dos processos construtivos. Ao mesmo tempo, a construção segundo métodos tradicionais tornava-se cada vez mais cara.
Desse modo, os arquitetos inventaram novas formas que se adaptam às necessidades do tempo. Em síntese, podemos dizer com certeza que a arquitetura moderna torna a construção mais barata e eficiente.

A arquitetura tradicional faz-me sentir mais confortável. Há razão para receio de ser menos termicamente eficiente?

Convém distinguir entre arquitetura tradicional e a construção tradicional. Assim podemos hoje ter uma arquitetura tradicional construída de modo moderno e com processos de construção termicamente eficientes. Por conseguinte o receio apresentado na pergunta não tem razão para existir.

Os arquitetos dão o mesmo valor a uma casa e a um hotel?

Antes de tudo, acarinhamos todos os nossos projetos como se fossem os primeiros. Desse modo, o nosso profissionalismo é o mesmo trate-se o projeto de uma casa ou de um investimento turístico. Em resumo, cada arquiteto e engenheiro nosso sabe-o e procura demonstrá-lo todos os dias.

Perguntas frequentes aos Urbanistas

Estão aqui algumas das questões que os urbanistas vão recebendo.

Quero vender lotes de um projeto de loteamento, mas não quero construir. O que acham os arquitetos?

Compreendemos a posição do promotor a este respeito. No entanto achamos que deve fazer uma visualização 3d do modo como deverão ser construídos os edifícios ou habitações nos respetivos lotes. Contacte um arquiteto da Utopia e receba uma proposta a este respeito.

Qual a diferença entre arquitetos urbanistas e os economistas urbanistas ou geógrafos urbanistas?

A princípio, existem urbanistas de diversas profissões. Desse modo, cada profissão contribui um pouco com o seu saber específico. Assim, os economistas olham para os problemas da cidade com um olhar económico. Igualmente, os geógrafos olham para o urbanismo com os instrumentos que vêm da geografia.
Em síntese, os arquitetos olham o urbanismo com uma visão da disciplina de arquitetura.  Enfim, do confronto e debate destes profissionais é que o urbanismo ganha maior rigor.

Os arquitetos da utopia desenvolvem parques de arvorismo ou arborismo?

Sim, de facto já desenvolvemos um parque de arborismo para Paredes de Coura. Em resumo, incluía um estudo de impacto ambiental, alojamento para campos de férias, um parque de campismo, uma piscina e um restaurante.

O arquiteto verifica se é possível construir um loteamento industrial?

Os nossos arquitetos urbanistas certamente que sim. Antes de tudo, o o terreno terá que estar classificado como área industrial ou possuir uma classificação que possibilite um uso compatível para esse efeito.
Assim, nós verificamos esta questão analisando o PDM da respetiva Câmara Municipal. Posteriormente teremos de analisar se será possível urbanizar com os edifícios albergando atividade industrial.
Em suma, consulte um arquiteto da Utopia e saiba mais informações a este respeito.

Perguntas Frequentes aos Designers

Estão aqui algumas das perguntas que os nossos criadores mais recebem.

Elaboram design de iluminação?

Sim, fazemos projetos de iluminação. Contudo, o engenheiro, o arquiteto e o designer pensam a iluminação modo distinto. Mas todas as abordagens são úteis. Assim, vejamos estes exemplos:

A iluminação segundo o arquiteto

Em princípio, o arquiteto pensa a iluminação para um espaço e não algo isolado. Ou seja, o arquiteto pensa na iluminação localizada com um candeeiro no chão junto a uma árvore, a pontuar os cantos os edifícios, nos degraus das escadas, etc. Em suma, o arquiteto pensa onde é necessária e sempre sem excesso.

A iluminação segundo o designer

Antes de tudo o designer pensa mais a iluminação como um objeto que ilumina. Isto é, pensa em algo que tem uma forma de ser aplicada, de funcionar e de produzir determinada luz.

A iluminação segundo o engenheiro

O engenheiro faz sobretudo um estudo luminotécnico. Ou seja, calcula a quantidade de iluminação para cada local. Em síntese, permite-nos escolher a potência das lâmpadas mais indicada.

A relação entre a arquitetura e o design tem fronteiras?

Frequentemente tem algumas. Em princípio pode-se dizer que a arquitetura pertence ao lugar e ao tempo em que é realizada. Todavia, o design é mais global. Isto é, não está dependente de um cliente personalizado. Ou seja, o cliente é um determinado mercado. É por isso que o arquiteto faz um design mais arquitetónico enquanto o designer acaba por fazer algo mais impessoal e multiplicável.

Perguntas frequentes aos Decoradores

Estão aqui algumas das perguntas que os nossos designers de interiores mais recebem.

A arquitetura de interiores é mais apropriada para decoradores?

Não porque a arquitetura de interiores requer profissionais qualificados em arquitetura. Envolve portanto situações com carácter técnico e legal que só os profissionais habilitados têm conhecimento.
Como se constrói bem e com baixo custo ou como se promove a acessibilidade a deficientes, são assim questões que só o arquiteto de interiores domina.
Isto é, se não forem resolvidas podem causar alguns problemas legais desnecessários ou situações discriminatórias para pessoas de mobilidade condicionada.

O arquiteto de interiores vende mobiliário?

Não no nosso gabinete. Desse modo nosso gabinete os nossos arquitetos desenham e os construtores constroem ou vendem. Assim, como arquitetos, concentramo-nos no que fazemos melhor e sem conflitos de interesses.

Os arquitetos designers marcaram as tendências do mobiliário?

Sim pois nós na Utopia dizemos que foram precisamente os arquitetos designers aqueles que inovaram no mobiliário. Assim, veja-se como o arquiteto designer Mies van der Rohe inovou. Ao mesmo tempo, olhe-se para o arquiteto designer Le Corbusier ou Alvar Aalto e tantos outros que marcaram a história da Arquitetura e do Design.
Em suma, com as suas propostas de design inovador para cadeiras, armários, candeeiros, mesas ou cozinhas transformaram o mundo.