Linguas disponíveis

  • Casa Bioclimática
  • Casa Bioclimática na Natrureza
  • Casa Bioclimática - jardim exterior
  • A Arquitectura e engenharia da casa Bioclimática
  • Construção sustentável de casa bioclimática em Carregal do Sal
  • Casa bioclimatica otimizada - Carregal do sal -otimizada
  • Casa Bioclimática dos Arquitetos da Utopia
  • Edifício Solar Passivo
  • Casa Bioclimática - sala de estar e jardim
  • Casa Bioclimática - sala e cozinha
  • Casa Bioclimática - Alpendre da cozinha
  • Alpendre do quarto principal da casa bioclimática

Casa Bioclimática

Foi-nos solicitado o desenho de uma habitação que incorporasse os conceitos da arquitetura bioclimática num contexto rural em Carregal do Sal. Esta casa deveria assim tirar partido das condições climáticas em que se insere de modo a minimizar o consumo de energia e reduzir o impacto no meio ambiente. O trabalho dos arquitetos foi precisamente esse. Tirar partido da natureza em todos os seus sentidos.

 

A Casa na Natureza

Por fora, desenhamos uma casa que se assemelha a um corpo que se estende sobre uma pequena clareira rodeado de árvores. Um corpo que levita sobre o solo. As suas janelas são francas e permitem desfrutar da paisagem e da luz em conforto. A casa tem três pontos de entrada que acedem a caminhos exteriores sobre o prado. Alpendres para a cozinha, sala e quartos permitem desfrutar da Natureza envolvente. As árvores já lá estavam e a casa abraça-as e adapta-se a elas. Com este projeto, a arquitetura torna-se assim natural e a natureza passa a incorporar o desenho.

 

Arquitetura e Engenharia de uma Casa Bioclimática

Tal como toda a poesia tem sintaxe e léxico, também a arquitetura tem a engenharia. As duas são uma só. Ora, esta obra assim o demonstra. Uma casa bioclimatica precisa de uma síntese perfeita entre arquitetura e engenharia. Quando desenhamos uma janela desenhamos um sistema de aquecimento, uma lâmpada e um quadro ao mesmo tempo. Deste modo, quando contornamos uma árvore, salvamos uma espécie mas também encontramos sombra e o consequente arrefecimento. Tudo é interdependente numa casa bioclimática.

 

Construção Sustentável de uma Casa Bioclimática

A arquitetura da casa seguiu escrupulosamente os princípios de desenho bioclimático, inovando inclusivamente com novas soluções de desenho para trabalhos futuros:

  • Em primeiro lugar há que salientar que a implantação da casa salvaguarda as mais importantes árvores existentes. Ao mesmo tempo reduz-se ao mínimo a movimentação de terras no jardim exterior.
  • A casa assenta numa nova massa térmica independente do terreno existente, garantindo a conservação da energia por mais tempo e reduzindo amplitudes térmicas.
  • A cortiça de 8cm 10cm e 12 cm de espessura foi o material escolhido para isolar termicamente todo o perímetro da casa.
  • A cobertura de zinco permite acima de tudo recolher a água da chuva em perfeitas condições. Isto significa que se pode manter putável ou então reutilizável. Deste modo, no caso da rega ou da limpeza a água é armazenada num reservatório.
  • Os vãos abrangem toda a altura do piso, isto é, vão do chão ao teto. Isto permite criar diferenças de pressão que favorecem a renovação de ar de modo perfeito sem recurso a equipamentos elétricos.
  • O interior tem um só piso com pé direito mínimo reduzindo o volume por área e a consequente necessidade de iluminação e climatização.

 

Um edifício Solar Passivo

Estamos em presença de um edifício solar passivo.  No fundo esta casa consegue funcionar de modo autónomo sem consumos energéticos para climatização:

  • A geometria exterior recortada permite aumentar exponencialmente o sombreamento, processo conhecido da biologia que aqui se aplica à arquitectura de modo totalmente inovador.
  • A cor da casa é propositadamente verde. O verde é no fundo a reflexão deste comprimento de onda e a absorção dos restantes. Ora é precisamente no verão que a luz é mais refletida e no Inverno mais absorvida. Também aqui os aquitetos mimetizaram o comportamento das plantas.
  • Os vãos mais abertos encontram-se voltados a sul e devidamente protegidos por alpendres. Os alpendres garantem entrada da radiação solar no Inverno e impedem-na no Verão.
  • O facto dos vãos começarem à altura do chão e terminarem no tecto permitem o arrefecimento passivo através de uma coluna de ar ascendente que permite expulsar o ar quente acumulado junto ao tecto no verão.

 

A casa bioclimática otimizada

A redução de custos de construção é sinónimo de redução de custos ambientais.  A otimização da casa é sempre ecológica na exacta medida em que os recursos são poupados. A planta é assim simples e eficiente. Uma entrada a nascente dá acesso à garagem automóvel. Uma porta a norte permite acesso de visitas aos espaços públicos da casa. Uma rampa de serviço dá acesso ao alpendre da cozinha e lavandaria. Algumas das estratégias utilizadas incluíram:

  • Os armários são colocados junto à fachada de modo a aumentar o isolamento exterior.
  • Redução das paredes ao mínimo indispensável. Priveligia-se as soluções em espaço aberto (“open space”).
  • Só a garagem, lavandaria, quartos e casas de banho possuem portas.  Todos os restantes espaços são fluidos e interconectados: sala de estar e jantar, cozinha, corredor e hall de entrada.
  • Todos os espaços de corredor são aproveitados para colocação de armários na fachada.

 

Os arquitetos e a casa bioclimática

Para os arquitetos desenhar uma casa bioclimática é a oportunidade de retomar uma longa tradição histórica apenas interrompida muito recentemente. Na realidade a História da Arquitetura está recheada de exemplos em que o edifício atua de acordo com o clima otimizando os recursos disponíveis e consumindo o mínimo de energia. Contudo, a recente transformação dos processos construtivos aliada a preços baixos da energia permitiu soluções erradas e gastos de energia absurdos. Urge assim retomar a tradição de eficiência. Para o efeito é preciso compatibilizar as atuais exigências de conforto com os processos construtivos contemporâneos e as melhores praticas ambientais.

Tipo de Licenciamento

Construção Nova

Data

Dezembro 27, 2019

Categoria

Arquitetura, Construção Nova, Habitação