Linguas disponíveis

Filosofia - Utopia
21710
page-template-default,page,page-id-21710,page-child,parent-pageid-21705,qode-social-login-1.0,qode-restaurant-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,select-child-theme-ver-1.0.0,select-theme-ver-4.1,side_area_uncovered,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2,vc_responsive

Filosofia do Atelier

Ao desenvolver um projecto com os nossos arquitectos aposta na segurança e na garantia de uma comunicação contínua entre cliente e projectista. Trabalhamos com uma filosofia clara: Ouvir, pensar e resolver.

Trabalhamos com uma filosofia

Ouvimos o cliente, pensamos em todos os aspectos a ponderar e resolvemos com soluções.

  • Ouvir

  • arquitecto-ouvir-arquitectura-arquitectos

    • Aproveitar imagens do cliente
    • Estruturar todos objectivos
    • Analisar enquadramento jurídico
    • Considerar valor de obra disponível
    • Auscultar todas as entidades envolvidas
    • Conhecer bem o terreno

  • Pensar

  • arquitecto-pensar-arquitectura-arquitectos

    • Prever custos de obra
    • Alertar para taxas
    • Conhecer bem o programa
    • Antecipar problemas
    • Cumprir toda a legislação
    • Inovar e aproveitar a tradição

  • Resolver

  • arquitecto-resolver-arquitectura-arquitectos

    • Estética e Funcionalidade
    • Cumprir orçamentos
    • Cumprir prazos de entrega
    • Comunicar com todos os intervenientes
    • Consciência ambiental e social
    • Confidencialidade

Ouvir

O nosso trabalho enquanto arquitectos e engenheiros começa nas suas necessidades, questões e preocupações. É por isso que lhe damos tanta importância. Nesse sentido procuramos cuidadosamente estudar as imagens dos exemplos que mais motivam os nossos clientes. Ao mesmo tempo, tentamos encontrar a razão de ser das preocupações do dono-de-obra e as metas pretendidas. Recolhemos todas as questões relacionadas com a funcionalidade do programa pretendido e as implicações que o uso pretendido provoca no contexto jurídico que o abrange. Por fim, julgamos fundamental conhecer bem o local que vai ser objecto de intervenção.

Pensar

As suas ideias crescem connosco através de um trabalho lógico, inovador e persistente. Os arquitectos e engenheiros da Utopia aliam racionalidade, cultura, criatividade, rigor e determinação na procura da melhor solução de projecto. Como tal, prevemos os custos gerados pelo projecto assim como alertamos para as taxas envolvidas e para o contexto fiscal actual. Do mesmo modo antecipamos problemas que possam eventualmente surgir e condicionamos todas as nossas propostas ao escrupuloso cumprimento da legislação em vigor. Procuramos tanto trabalhar com técnicas tradicionais como inovar nos processos construtivos e soluções formais propostas.

Resolver

O seu projecto é único e desenhado à sua medida. Sabemos como aprecia uma solução rápida e eficaz, uma resposta pertinente, um trabalho inovador, no fundo, uma boa ideia. É precisamente por isso que as nossas propostas procuram encontrar um equilíbrio entre a estética e a funcionalidade. A mesma estratégia de compromisso está presente em projectos que cumprem os orçamentos disponíveis e que procuram cumprir todos os prazos acordados. Nesse sentido, procuramos que as soluções sejam sempre debatidas com o dono-de-obra e todos os intervenientes de modo a amadurecer ao máximo as soluções. Por fim, a confidencialidade e a consciência ambiental e social está também presente não só nas nossas propostas, mas também em todo o nosso modus operandi.

Perguntas sobre a nossa Filosofia de Trabalho

Estão aqui reunidas algumas das perguntas que recebemos frequentemente sobre o nosso modo de trabalho.

PORQUÊ OUVIR TANTO O CLIENTE?

Porque só assim não há surpresas desagradáveis em obra, por que só assim sabemos que está tão entusiasmado como o arquitecto no seu projecto.

PORQUE REFEREM TANTO O ACTO DE PENSAR A ARQUITECTURA?

Porque infelizmente não é a regra geral dos projectistas. O mais comum é o projecto de gaveta. Infelizmente, nesses casos fica a perder o cliente com um projecto mau e caro, fica a perder a paisagem e a arquitectura e os arquitectos que perderam a oportunidade de fazer um bom projecto.

QUEM RESOLVE MAIS? O ARQUITECTO OU ENGENHEIRO?

Na realidade, ambos, precisamente naquilo que lhes compete. Ao arquitecto compete resolver as necessidades com soluções de desenho e de escolha de materiais e métodos. Ao engenheiro compete calcular a eficácia das medidas e dimensionar as quantidades.

E SE EXISTIR UMA DIFERENÇA DE OPINIÃO ENTRE OS GOSTOS DO ARQUITECTO E DO CLIENTE?

Tal nunca nos aconteceu. O que acontece é que os nossos arquitectos precisam algumas vezes de explicar melhor as soluções que propoem e porque as desenharam. Do mesmo modo, e por isso o referimos várias vezes, é importante conhecer aquilo que o inspira para que o possamos motivar ao máximo no projecto.

O GABINETE DE PROJECTOS TRABALHA COM OS CUSTOS PARA OBRA QUE EU PRETENDO GASTAR?

Sim. Nós trabalhamos com base no valor de custo que tem disponível para investir. Aliás a grande vantagem dos nossos serviços é precisamente a de o alertar previa e antecipadamente para situações que ultrapassem o valor de mercado e possam prejudicar de algum modo os seus interesses. Ao mesmo tempo permitimos que possa escolher os melhores materiais para o valor que pretende gastar no seu edifício, seja ele uma casa, uma loja, um apartamento, um prédio de habitação, um Hotel ou mesmo uma indústria.

OS ARQUITECTOS FAZEM A SUA ARQUITECTURA OU O QUE EU GOSTO?

Não existe diferença. A boa arquitectura é feita de acordo com as necessidades do cliente e os seus próprios gostos. Em todos os anos que trabalhamos nunca os nossos clientes ficaram insatisfeitos e nunca foi necessário fazer algo que não concordamos. É para isso que serve um arquitecto Para o ajudar a fazer melhor e a conseguir atingir os seus objectivos.

QUERO UMA CASA COM ARQUITECTURA MODERNA. MAS HÁ CASAS MODERNAS QUE GOSTO E OUTRAS QUE NÃO.

Temos o maior gosto em saber quais as casas ou edifícios cuja arquitectura moderna lhe tenha agradado. Não significa que as copiemos pois esse nunca será o caso. Senão, nem precisaria de um arquitecto. Significa sim que nos preocupamos em desenhar-lhe um projecto de arquitectura que verdadeiramente o entusiasme.

A ARQUITECTURA QUE GOSTO É TRADICIONAL. PODEREI TER UM PROJECTO QUE RESPEITE ESSES GOSTOS?

Pode e deve. A arquitectura popular exerceu sempre fascínio para os nossos arquitectos. Gostamos de interpretar esses elementos e adptá-los às actuais necessidades de sustentabilidade económica e energética assim como de conforto. Não lhe podemos prometer um edifício antigo, porque isso não é possive, mas podemos prometer-lhe um edifício novo ou recuperado com elementos inspirados naquilo que o motiva.